A TARDE entra no circuito dos grandes painéis de Street Art do Brasil e do mundo

Uma obra de arte vai colorir o dia a dia de quem passa no entorno da sede do Grupo A TARDE, na avenida Tancredo Neves, em Salvador. Neste mês de janeiro será realizada a pintura de duas empenas – cerca de 342 m² de superfície – do edifício principal, a partir da próxima segunda-feira, 13. A parceria para o ‘Projeto JubART’ foi assinada pelo presidente de A TARDE, João de Mello Leitão, e pelo presidente da Fundação Gregório de Mattos, Fernando Guerreiro.

Com a realização da Fundação Gregório de Matos e Prefeitura de Salvador, apoiados pelo Grupo A TARDE, e idealizada e executada pelo artista visual Diogo Galvão, a obra destaca a importância do olhar para a arte de rua (Street Art).

“A iniciativa mostra que A TARDE está se modernizando, lidando com o contemporâneo e tendo um olhar especial sobre as artes e a cultura da cidade, virando uma instalação viva. Espero que isso gere um movimento para outros prédios também fazerem painéis e a gente transforme a Tancredo Neves em uma enorme galeria a céu aberto”, afirma Fernando Guerreiro.

Segundo ele, a iniciativa funciona também para impulsionar o movimento realizado pela prefeitura no sentido de implantar grandes painéis artísticos pela capital baiana, a exemplo do projeto que vem sendo desenvolvido no bairro do Comércio.

Renovação

Para João Leitão, “a arte é um instrumento de inclusão e a pintura dos painéis uma atitude de renovação e rejuvenescimento, que acompanha o novo momento por que passa o Grupo A TARDE“. Ele destaca também que a ação funciona como um presente para Salvador.

Segundo o responsável pelas pinturas, Diogo Galvão, serão utilizados em torno de oito latas de tinta acrílica de 18 litros, e mais 150 latas de spray. ‘Balancinhos’ (elevadores para auxiliar na execução em alturas maiores) serão usados no processo. A arte chega para figurar entre as de maior dimensão na cidade. “Já tem algumas pinturas grandes aqui em Salvador, mas essa com certeza vai ser uma das maiores”, afirmou Galvão.

O artista ressalta que o apoio público e de empresas privadas é fundamental para valorizar os artistas . “Nossa luta diária como artista de rua é por visibilidade. Queremos que nosso trabalho seja visto, e sabemos a importância da arte no meio urbano. Sabemos que estruturas grandes causam um impacto significativo. E nós dependemos das parcerias e foi o que aconteceu agora de forma perfeita, então só tenho a agradecer”, pontuou.

Websérie

Todo o processo do projeto em construção será gravado e exibido, em breve, pelo Grupo A TARDE através de suas redes sociais e do Portal. A websérie, além de mostrar a criação do zero, contará também com entrevistas que trarão a perspectiva de funcionários, pedestres e motoristas que passam diariamente pela região, e que acompanharão a execução da pintura.

*Sob supervisão da editora Maiara Lopes